domingo, 5 de janeiro de 2014

DOCES PECADOS



O que pra você é pecado? 

Pecado existe? 




Ou é só conversa fiada de pessoas religiosas, que não sabem distinguir a realidade de fantasia, não distinguem o mundo do real do mundo que elas criaram?
Segundo alguns é a desobediência, a vontade de Deus e a lei divina, mas quem criou essas leis, quem disse que são as vontades de Deus ou de quem quer que seja? Onde estão as evidências?

Seria o pecado um erro? 

Qual erro é considerado pecado? Se você nunca parou pra pensar nisso, essa é a hora de começar a pensar, pode ser que você esteja preso a correntes invisíveis, e a dogmas que atrasam sua vida, questione mais, não aceite tudo que te dizem, eu não estou aqui pra te dizer o que é e o que não é certo, ou que é ou não é verdade, quero que todo mundo que esteja lendo esse texto, comece o quanto antes a pensar por si só, o ser humano não faz da idéia da força de uma opinião, de um fundamento, de um argumento, e principalmente dos questionamentos que ele possa vir a fazer durante sua trajetória nesse mundo.

Pecado Original não faz sentido nenhum, nada mais injusto nesse mundo do que pagar por erros dos outros, isso é inaceitável em qualquer circunstância, se você acha essa história bonitinha, bem contada, ou você é muito autoritário, muito tirano, ou você é extremamente submisso, e não sabe questionar absolutamente nada.

Seria o ser humano realmente maligno? Eu penso que não, pelo menos não na sua essência, o ser humano busca antes de qualquer coisa, ser feliz, busca o bem estar, físico, mental, creio que a grande maioria sabe a diferença entre o bem e o mal nitidamente, e você não precisa ser nenhum gênio pra saber, seu espaço acaba quando começa o do próximo.
Livre arbítrio realmente existe? Você é livre até que ponto? O que você considera como sendo moral? Você será perdoado do que? Por quem?

As leis religiosas vão contra a natureza humana, não prejudique ninguém, principalmente a você mesmo, por que quando você se abstém das suas vontades você está se tornando infeliz e deixando outras pessoas infelizes também.

Doces vícios, doces prazeres, doces luxúrias desse mundo, eu as aproveito e você? Curta a vontades seus doces pecados favoritos, saia do barro, da costela, da ignorância, do sofrimento e viva o caminho da matéria, viva a vida bela e plena como ela é, ou como ela pode ser, depende de você.
Quebre as correntes, alianças, qualquer coisa que te aprisione, seja livre, voe bem alto, a glória é toda sua, a luz está onde existe conhecimento, sabedoria, liberdade e não contrario como os ignorantes acreditam.

Desfrute dessa vida, quem te promete vida após ela, nunca foi do outro lado pra te dizer como é, alias não existe nenhuma prova que alguém tenha morrido e voltado.

Se você não fuma, não bebe, não transa com ninguém, não se diverte, não faz outras coisas consideradas pecado, só por que é alguém te disse que é pecado, você não é uma pessoa muito inteligente, tenha bons argumentos, bons questionamentos, ache suas próprias respostas, elas estão dentro de você.

Muitas vezes você carrega culpas desnecessárias, dogmas inúteis, regras sem sentido, abandone as penitências tolas, sou livre pra pensar e pra dizer o que eu quiser, e você?

Viva os doces pecados, goze a vida na sua plenitude.


Resenha da imagem:

http://1.bp.blogspot.com/-Ccb_GKwige4/Tk-zewms0sI/AAAAAAAAHw8/4HRzUHHUdgY/s1600/pecado.jpg

http://1.bp.blogspot.com/_ZN3Y7aFcHII/S7JcClJcBCI/AAAAAAAACoU/xxCU-OmYn2k/s400/pecado-original.jpg


 (Autor: Isaias Bueno)



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários que conterem publicidade e divulgação de site ou algo malicioso, ambas serão moderadas!!